AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Dino D’Santiago e Cuca Roseta entre as propostas do Festival dos Canais

Artes

Já se sabia que a edição deste ano do Festival dos Canais ia ter algumas alterações no que toca à dimensão e ao calendário – estende-se por dois fins de semana, de 16 a 19 e 24 a 26 de julho -, mas a câmara de Aveiro acaba de divulgar todos os pormenores do evento.

Continuará a ser “um festival de rua, totalmente gratuito, que envolve a população e procura surpreender o quotidiano dos aveirenses através de música, performance, novo circo, vídeo e instalações, entre outras áreas artísticas, podendo-se contar com várias estreias”. Ainda assim, e em respeito pelas atuais normas de segurança será um evento com recintos delimitados e levantamento de bilhete obrigatório, assim como lugares fixos e devidamente distanciados.

Os concertos na Praça do Marquês estão entre os principais destaques desta edição. Dino D’Santiago (dia 18), Cuca Roseta (dia 24) e o saxofonista Henk Van Twillert com Hélder Moutinho (dia 25) vão atuar neste palco do Festival dos Canais, sempre às 21h30, naquele que será o maior recinto do evento este ano.

Um momento especial na música será também o cine-concerto “Surdina”, uma tragicomédia do realizador Rodrigo Areias com música de Tó Trips. O argumento é de Valter Hugo Mãe e o elenco conta com Ana Burstoff e António Durães, entre outros. A sessão vai acontecer no dia 16, às 22h30, no Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian.

Ainda na música, a escadaria do Edifício Fernando Távora volta a receber vários concertos no final da tarde, com encontro marcado a partir das 19h30.

Ali ao lado, no Claustro da Misericórdia, a Orquestra Filarmonia das Beiras tem três atuações agendadas para os dias 19, 25 e 26, às 18h30, com um repertório que vai da Wolfgang A. Mozart a Franz Schubert, Julio Medaglia e Gonçalo Lourenço, entre outros.

Estreias a ter em conta

O novo circo é sempre uma área em destaque no Festival dos Canais e este ano há uma estreia a assinalar. Trata-se do novo espetáculo de João Paulo Santos, intitulado “O Outro”, num regresso ao Festival de uma das figuras mais destacadas do novo circo nacional. A primeira apresentação será no dia 17 às 21h30 e as restantes nos dias 18 e 19 às 15h e às 18h00, no coreto do Parque da Cidade.

Também nas estreias, assinale-se a nova criação da companhia Red Cloud Teatro de Marionetas. Dá pelo nome de “Isto aconteceu de repente - distorção” e tem por base um texto de Jorge Louraço Figueira, envolvendo marionetas, uma atriz, cinema de animação e vídeo. Sessões nos dias 24 e 25 às 21h30 e dia 26 às 16h00, no Teatro Aveirense.

Ainda no capítulo das estreias, a associação cultural Albergar-te vem ao Festival dos Canais apresentar “a mais longa SINOPSE”, uma “reflexão sobre a relação entre a arte e a sua justificação, quando achamos que a arte não se justifica”. Espetáculo marcado para dia 16 e 17 às 22h00 e dia 18 às 23h00.

Percursos pela cidade

Em 2020 existem vários projetos para desfrutar em movimento. “Wave Shape”, dias 18 e 19 às 21h30, é uma fusão de escultura, som, instalação e dança na qual a água é protagonista e que irá ser desfrutada ao longo do Canal Central. Além da vertente performativa, inclui um conjunto de códigos QR distribuídos para que o público possa, com o seu telemóvel, fazer scan do código e ouvir uma música e/ou história escolhida para cada local.

Também o projeto “Ilhas Suspensas” propõe uma fruição em movimento. Trata-se de um percurso a realizar de barco na ria de Aveiro por onde se vão desenrolando performances site specific, seja em pequenas ilhas ou barcos que vão cruzando o caminho do público. Apresentações nos dias 18, 19, 25 e 26 às 12h00 e 18h00.

Outro percurso a ter em conta é Walkduct, uma caminhada performativa em modo lunar, resultante da colaboração do cientista Bernard Foing com artistas de Aveiro. Esta caminhada lunar vai cruzar-se com a cidade e devolver-lhe uma perspetiva microcósmica dos lugares, com saídas nos dias 18 e 19 às 15h00 e às 18h00.

O mesmo Bernard Foing será um dos oradores numa conferência em torno do tema da água e sua importância, marcada para o Centro de Congressos de Aveiro, no dia 18 às 17h00. Os outros oradores são o realizador Rodrigo Areias e o urbanista Daniel Casas Valle.

Instalações no espaço público

A edição deste ano do Festival dos Canais terá várias instalações artísticas na cidade. O projeto City Lab irá trazer as obras “Totems”, de Alijia Biala e Iwo Borkowicz (Jardim do Rossio), e “We Are All in the Same Boat”, de Samuel Zealy (Parque da Cidade, no lago).

Na escadaria do Edifício Távora, conte-se com “Beam Reach II”, de Pavla Beranová, numa parceria com o festival aveirense PRISMA – Art Light Tech.

Entre a instalação e a performance está “Água”, uma criação de Circolando, composta por três iglôs e várias micro-histórias construídas em torno do imaginário ligado ao elemento da água e às alterações climáticas no dia 18 às 18h00 e 21h30, dia 19 às 18h00, dia 25 às 18h00 e 21h30 e dia 26 às 18h00

São ainda várias as intervenções de Maria Matina no Festival dos Canais, numa conjugação de instalações, performances, jogos e conteúdos educativos. O seu “Jardim das Brincadeiras” e a instalação “Vida” estarão no Cais da Fonte Nova, podendo-se contar com várias atividades para os mais novos neste local. Ao longo da cidade irão ver-se bandeiras desta criadora com as cores do festival.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.