AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Bárbara Tinoco e António Zambujo confirmados na nova temporada do CTE

Palcos

O CTE – Cine-Teatro de Estarreja abre a programação cultural para o último quadrimestre do ano com Bárbara Tinoco. A cantora e compositora portuguesa sobe ao palco a 24 de setembro (21h30). De 1 a 9 de outubro, o Cine-Teatro de Estarreja recebe a 16.ª edição do Estarrejazz com seis concertos imperdíveis: Colectivo DiJazz Band, Septeto Estarrejazz, Roberta Sá e Daniel Jobim, Pedro Moreira Sax Ensemble, César Cardoso e Orquestra de Jazz de Estarreja com Vitorino e Janita Salomé.

Todos os concertos do festival têm início marcado para as 21h30. Esta edição é dedicada aos coletivos e ensembles, formações entre os sextetos e decatetos, maioritariamente portuguesas, mas sempre com a presença do jazz praticado em Espanha, Coletivo DiJazz Band, que confere o cunho ibérico ao Festival. Destaca-se ainda o concerto “Chega de Saudade”, de homenagem a Tom Jobim com Roberta Sá e Daniel Jobim, a cereja no topo do bolo chega diretamente do Rio de Janeiro, com a atmosfera dos tempos áureos da Bossa Nova.

No último dia de outubro, domingo (21h30), os D.A.M.A., habituados a tocar para grandes multidões, apresentam-se na sala de espetáculos estarrejense num formato mais intimista.

Uma das maiores referências da música popular brasileira, Moacyr Luz, antecipa o calor do Carnaval, com uma roda de samba, aberta às Escolas de Samba estarrejenses (6 de novembro, 21h30).

Tiago Bettencourt, autor de várias composições de referência da nova música portuguesa, regressa ao palco estarrejense em novembro (dia 20, 21h30).

Considerada uma das melhores vozes masculinas da sua geração no Fado, Ricardo Ribeiro dá a conhecer o seu trabalho “Respeitosa Mente”, fora desta área musical (7 de dezembro, 21h30).

Apenas com a sua inconfundível voz e a sua guitarra, António Zambujo toca “Voz e Violão” (18 de dezembro, 21h30) que, segundo o jornalista Luís Osório, “Um dia (…) dir-se-á que este disco é um dos mais importantes da carreira de António Zambujo.”

Há ainda muito mais música para ouvir também com os artistas locais: Associação Musical do Antuã (16 de outubro, 21h30) e a Orquestra Ligeira “Pardilhó Jazz”, da Banda Club Pardilhoense (5 de novembro, 21h30). Já imbuídos pelo espírito natalício, a Educarte apresenta uma sessão de música para bebés e papás (12 de dezembro, 11h). E a Orquestra Filarmonia das Beiras, dirigida pelo Maestro António Vassalo Lourenço, oferece-nos um concerto mágico com as mais belas canções de Natal, como já é tradição no Cine-Teatro (dia 19, 17h).

Teatro e dança também estão em destaque

A agenda conta ainda com a peça de teatro infantil “O Pequeno Livro dos Medos”, da autoria de Sérgio Godinho e com encenação e interpretação de Elsa Galvão (17 de outubro, 16h).

No ano em que se celebram os 100 anos do nascimento de Amália Rodrigues, a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo dança “AmarAmália” (23 de outubro, 21h30), inserido na candidatura Revive & Fica e no Festival Sénior.

Também no Festival Sénior, a companhia de teatro Kopinxas ocupa o palco com a peça de teatro “Naperon e Bibelot” (30 de outubro, 21h30).

O espetáculo teatral para o público familiar e infantojuvenil “O Meu Amor Virá de Comboio” fala do universo dos caminhos-de-ferro, com referência especial à ligação de Estarreja com este meio de transporte (13 de novembro, 21h30).

Hip-hop a partir da história do graffiti

A performance “Válvula” – meio palestra, meio concerto de hip hop – (27 de novembro, 21h30) parte da história do Graffiti e combina as explorações visuais de António Jorge Gonçalves (desenho digital) com a música e voz de LBC Soldjah. Um espetáculo inserido no ESTAU12, que pretende tornar visível o festival de arte urbana de Estarreja ao longo do ano.

O CTE recebe ainda um espetáculo de circo contemporâneo do Teatro do Mar intitulado “Mutabilia” (4 de dezembro, 21h30). Entre 9 e 11 de dezembro, o Festival das Artes DiferenciArte inclui teatro, dança, cinema de animação, artes plásticas e fotografia, e conta com a participação de cerca de uma centena de pessoas portadoras de deficiência.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.