AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Começou a contagem decrescente para o Festival dos Canais 2022

Artes

É já na próxima quinta-feira que arranca a edição deste ano do Festival dos Canais - o evento irá decorrer de14 a 17 e de 22 a 24 de Julho. Serão sete dias de programação intensa e abrangendo diversas áreas artísticas. Ocirco contemporâneo e o teatro de rua voltarão a estar em destaque, com propostas repletas de surpresas e onde a participação do público chega a fazer parte dos espetáculos. São várias as sugestões, todas de entrada gratuita.

Um dos espetáculos de maior dimensão será Mù – Cinemática de Fluidos (na foto), no dia 23, uma criação da Cie. Transe Express que se inspira no imaginário de Júlio Verne para levar os espetadores numa viagem grandiosa. Já Symfeuny, da companhia basca Deabru Beltzak, é uma celebração do fogo através da música que irá percorrer vários espaços da cidade, convidando o público a seguir os artistas. Também do país basco vem Chef Nature, da companhia Makeliñe, um espetáculo que recria uma cozinha bem-humorada onde as tropelias se sucedem. Outro contributo do país basco vem de Al Otro Lado, uma proposta que vai deambular pela rua e fazer do quotidiano um espetáculo, com os transeuntes a tornar-se protagonistas inesperados. Os mais novos não foram esquecidos, podendo contar com o espetáculo PaPI Opus 9, da Companhia de Música Teatral, uma viagem pelo mundo da água.

No circo contemporâneo, conte-se com Mutabilia, da companhia Teatro do Mar, um espetáculo inspirado na ideia de casa e assente num cenário mutante. Já POI traz um dos maiores piões do mundo, criado pela própria Companhia D’es Tro, um objeto de 45 Kg que se atira usando uma corda de 15 metros.

Artes visuais em destaque

Os visitantes desta edição do Festival poderão ver a exposição MagiC Carpets Landed, uma mostra que contou com a participação de 15 países europeus e fez este ano parte da abertura de Kaunas 2022 – Capital Europeia da Cultura. Comissariada por Benedetta Carpi De Resmini, a exposição estende-se pela Antiga Capitania do Porto de Aveiro, o Museu de Aveiro / Santa Joana, a VIC – Aveiro Arts House e o Teatro Aveirense, com uma seleção de obras de artistas femininas, contando ainda com diversas performances a envolver a participação da comunidade aveirense. Jelena Škulien?, Yaryna Shumska, María Verónica Troncoso Guzmán, Melissa Rodrigues, Gemma Riggs, Merri Mkrtichian, Marta El?na Martinsone, Grossi Maglioni, Las Mitocondria, Francisca Rocha Gonçalves, Ana Dana Beroš e Paulina Almeida são as artistas a ter em conta.

Outro projeto em destaque é Platô, um circuito de instalações sonoras que resulta de uma parceria entre o Teatro Aveirense, a Ao Cabo Teatro, o GrETUA e o Museu da Cidade do Porto. Envolve criações de Lígia Soares, Miguel Bonneville, Marcos Foz com Luís Araújo e Raquel S. com Hugo Branco, que poderão ser fruídas na Rua da Pega, na Ponte Pedonal sobre a A25 no Canal de São, no Parque da Cidade/ Infante D. Pedro e na teia do Teatro Aveirense, respetivamente.

Marcante promete ser a instalação Rising, da dupla francesa Mouawad Laurier, uma obra de luz e som que tem a subida do nível dos oceanos como tema, ativada através de dados de leitura reais. Obra vencedora da bolsa Pierre Schaeffer.

Também a arte mural fará parte do evento, envolvendo o coletivo Obras Akrobad, da República Checa, que estará no Festival dos Canais a criar in loco uma intervenção no Túnel da Ponte da Dubadoura. Uma obra a convocar o universo visual do coletivo, numa mistura de graffiti, ilustração, banda-desenhada e pintura clássica.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.