AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Tango, flamenco, o espiritual na música e Proust: temas da semana nos Festivais de Outono

Artes

Será uma semana bem preenchida nos Festivais de Outono, com concertos e recitais de terça a segunda, de 15 a 21 de novembro. Neste ciclo promovido pela Universidade de Aveiro, o programa da semana inclui sons de tango, revisitações do flamenco, o espiritual na música, peças de Portugal, Paris e do Oriente, e ainda uma homenagem ao escritor Marcel Proust, pelo seu centenário. As propostas são diversas. Que tal nenhuma delas perder?

“La Ideal” - Orquestra Típica de Tango Argentino (na foto) foi formada em setembro de 2013, no Porto, com o duplo propósito de recriar a música de dança das milongas tradicionais e apresentar em concerto música de compositores como Piazzolla e Rovira. Com uma formação simultaneamente típica e original - flauta, violino, contrabaixo, bandónion e piano - “La Ideal” tem um som e uma paleta tímbrica únicos. É composta por músicos de excelente qualidade, alguns também dançarinos de tango. Nos shows recria a intimidade e expressividade típicas da atmosfera dos salões de tango de Buenos Aires. “La Ideal” tem realizado múltiplas apresentações em Portugal (Porto, Lisboa, Aveiro, Caminha, Ponte de Lima, etc.), em Espanha (Santiago de Compostela, Salamanca, Vigo, Lugo, La Coruña, Mallorca, Gijon, etc.) e em Itália (Milão, Verona, Bresanonne).

O concerto decorre na Casa da Cultura de Ílhavo, a 15 de novembro, a partir das 21h30. As reservas, embora o concerto seja gratuito, são feitas através da BilheteiraOnline.

Presente(em)mente

A rubrica “Presente(em)mente”, este ano na sua 2ª edição, tem como objetivo divulgar e promover obras de estudantes de composição do Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da Universidade de Aveiro (UA).

Neste concerto serão apresentadas em estreia absoluta seis obras, sendo que uma delas é uma criação coletiva de quatro performers/compositores. As restantes cinco obras são dos jovens compositores: Bruna Santander, Carla Branco, Gustavo Gonçalves, João Pedro Monteiro Silva e Tiago Matos.

O concerto está marcado para 16 de novembro, às 21h30, no auditório do Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da UA, com entrada gratuita. Reservas: BilheteiraOnline.

Reinvenção do Flamenco

Diego El Gavi é um músico português que reinventa o Flamenco através do Latin Jazz. Há mais de uma década a pisar palcos por todo o país, Diego tem vindo a conquistar o coração dos portugueses e não só. Foi o músico que Madonna quis ouvir no seu aniversário em Marraquexe. Diego El Gavi lançou, em 2019, o seu álbum “Puerta del Alma” que conta com a participação de três músicos convidados: Tatanka, Ricardo Ribeiro e Paulo de Carvalho.

Neste momento, Diego prepara-se para lançar o seu próximo single que tem data de lançamento prevista para o final deste ano. No dia 18 de novembro, Diego El Gavi atua nos Festivais de Outono, no Auditório Renato Araújo, edifício da Reitoria da UA, com início às 21h30. Apresenta-se ao vivo em quarteto do qual fazem parte Victor Zamora, Carlos Mil-Homens e Léo Espinosa.

O concerto é gratuito, a 18 de novembro, pelas 21h30, no auditório Renato Araújo, edifício da Reitoria da UA. Reservas: BilheteiraOnline.

“Entre o Ar e a Perfeição”

O Duo Anima Feminae, composto por Monika Streitová e Ana Telles, tem a honra de apresentar o programa “Entre o ar e a perfeição”, inspirado na obra do compositor João Pedro Oliveira, a 19 de novembro, a partir das 21h30, no auditório do Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da UA.

O duo dedica-se de uma forma regular e sistemática à apresentação de obras de mulheres compositoras. A escolha das obras do programa "Entre o ar e a perfeição" apresenta a criação de ambos géneros, dando espaço a linguagens musicais diversificadas e representativas de diferentes tipos de espiritualidade. Serão apresentadas duas estreias absolutas, da autoria dos compositores J.S. Béreau e E. Zoudilkine, dedicadas ao duo. O Duo Anima Feminae revê-se nas palavras do artista plástico V. Kandinsky, ao questionar: “Qualquer obra de arte, por ser fruto da atividade humana, não é já uma manifestação espiritual? Ou poderemos associar esta noção à experiência religiosa, ao sentimento da sacralidade do mundo, a uma hierofania? É o espiritual a dimensão da experiência da transcendência ou a capacidade humana de se transcender?” (Kandinsky, “Do Espiritual na Arte”). É esse o mote para o programa selecionado.

As reservas para as entradas, que são gratuitas, devem ser feitas via BilheteiraOnline.

Dos viajantes às viagens musicais - Recital de Violino e Piano

O recital de Violino e Piano, intitulado “Dos viajantes às viagens musicais” é constituído por um repertório diversificado, incluindo as obras dos compositores de Portugal, França e China. O repertório inicia-se com a 1ª Sonata para Violino e Piano de Luís de Freitas Branco, composta na sua juventude, em 1908, e premiada no concurso da Sociedade de Música de Câmara. A viagem passa também pela Sonata para Violino e Piano em Sol menor de Claude-Achille Debussy, a última composição na vida do compositor, escrita em 1917.

O outro ponto da viagem é marcado pelas músicas da região noroeste da China, onde se passava a antiga rota da seda para ligar a China e o Médio Oriente. “Porquê as flores são tão vermelhas” é uma música originalmente escrita para filmes, nos anos 60 do século XX. “O sol brilha em Tashkurgan” é uma outra peça para violino e piano muito conhecida na China, escrita por Chen Gang em 1976.

O recital está agendado pera 20 de novembro, pelas 18h00, no Museu de Aveiro. A entrada é gratuita, mas as reservas devem ser feitas pela BilheteiraOnline.

“Du Côté de Chez Proust” no centenário da morte de Proust

No momento em que a cultura ocidental assinala 100 anos sobre a morte de Marcel Proust, importa recuperar a sensibilidade do seu tempo, convocando as obras e compositores que acompanharam a sua vida privada e moldaram a sua obra literária.

Através deste programa, “Du Côté de Chez Proust” - Recital de Viola e Piano no centenário da morte de Proust, poder-se-ão ouvir obras de alguns dos seus amigos mais próximos, de obras dedicadas a violetistas que tocaram em sessões musicais privadas na casa do escritor, bem como a provável fonte da famosa petite phrase que constituiu o leitmotiv de toda a sua obra-prima - a Sonata de César Franck -, entre outras peças de grande circulação no seu tempo. O presente recital propõe uma viagem à Paris de viragem de século, um vislumbre da Boulevard Haussman, da Rue Hamelin, um perfume dos imaginários salões dos Verdurin, de Combray, de Balbec, ou dos amores de Swann.

O Recital está marcado para 21 de novembro, pelas 21h30, na Igreja das Carmelitas, Aveiro, com entrada gratuita. Reservas: BilheteiraOnline.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.