AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Artista mexicano Héctor Zamora inaugura “Ordem e Progresso” no MMI

Artes

A Exposição “Ordem e Progresso – Senhora do Cabo”, de Héctor Zamora, artista mexicano de renome internacional, é inaugurada este sábado, dia 25, às 17h00, no Museu Marítimo de Ílhavo.

A exposição surge na sequência da doação de Héctor Zamora da peça “Senhora do Cabo” ao Museu, como reconhecimento do trabalho desenvolvido no âmbito da valorização da cultura marítima, no geral, e do património marítimo-fluvial português no particular.

“Senhora do Cabo” foi uma das sete embarcações destruídas no contexto da performance-instalação “Ordem e Progresso” que o artista realizou no MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, em Lisboa, em 2017.

Para a apresentação no MAAT, foram selecionados sete barcos de diferentes zonas piscatórias, como Sesimbra, Ericeira, Nazaré, Aveiro e Figueira da Foz. Verdadeiros exemplares da pesca artesanal portuguesa, construídos entre o final da década de 1960 e o início da de 2000, estas embarcações foram recolhidas tendo em conta o seu avançado estado de degradação.

Das sete embarcações destruídas no MAAT, apenas a “Senhora do Cabo” foi salvaguardada como objeto artístico – uma aiola, embarcação tradicional de pesca costeira de Sesimbra.

A exibição da peça “Senhora do Cabo”, a partir do dia 25 de março, no Museu Marítimo de Ílhavo é uma evocação daquilo que Héctor Zamora idealizou na conceção de “Ordem e Progresso” - potenciar a reflexão sobre o fim acentuado da pesca artesanal e de subsistência, em contraponto com o progresso da industrialização do sector das pescas.

A exposição “Ordem e Progresso – Senhora do Cabo” integra o programa “Tanto Mar!” de março, que se concentra no dia 25, no Museu Marítimo de Ílhavo. Às 10h estão agendadas duas oficinas – a Oficina de Nautimodelismo, onde se constrói um barco lagosteiro, e as Oficinas com Risco – Ilustração com Fernando Correia, sobre a técnica scratchboard art. Também de manhã, a Biblioteca Municipal de Ílhavo está no Museu com uma sessão da Bebeteca especial, com o livro "Chap! Chap!", de Dawn Sirett. À noite, as crianças dormem no Museu, em mais uma edição da atividade “Noite no Museu” (já esgotada).

Mais informação em museumaritimo.cm-ilhavo.pt.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.