AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Sandra Pereira canta "Músicas de Abril" na COMUR-Museu Municipal da Murtosa

Artes

A cantora e compositora Sandra Pereira, vencedora da edição 2010 do programa “ídolos” da SIC, apresenta-se na COMUR-Museu Municipal da Murtosa, no dia 21 de abril, pelas 21h30, em mais um concerto do ciclo “Música no Museu”.

Sandra Pereira apresentará o espetáculo “Músicas de Abril”, onde interpretará clássicos de grandes cantautores portugueses, como José Afonso, Fausto ou José Mario Branco.

Este será o 40.º concerto do ciclo “Música no Museu”, organizado pelo município da Murtosa, que traz mensalmente, desde 2016, à COMUR-Museu Municipal da Murtosa, concertos acústicos e intimistas de artistas e bandas da região, dos mais variados estilos musicais. A entrada é livre.

O palco como paixão

Desde pequena que Sandra Pereira teve o palco como sua maior paixão. Desde a dança, teatro até à música foi no palco que conseguiu sempre se exprimir em plenitude.

É ao entrar na faculdade que a música toma um papel essencial na sua vida. Inicia-se numa tuna feminina na cidade de Viseu, e logo de imediato começou a cantar num grupo de fados.

Aos 22 anos integra uma banda de covers que durante 2 anos fez espetáculos em várias partes do país, em vários eventos.

É nessa altura, aos 24 anos, que decide inscrever-se no programa “Ídolos”, um talent show realizado em Portugal, na sua 4ª edição, saindo como vencedora na passagem de ano de 2010 para 2011.

Após o programa, integrou vários projetos, de entre os quais, anúncios publicitários para o Santander e Chiclete e deu voz durante 2 anos ao ícone “Popota” do Continente. Fez eventos de vários tipos e concertos em palcos como o Coliseu do Porto, na abertura do espetáculo de Katie Melua no ano de 2011 e participou também na abertura da gala dos Globos de Ouro de 2015.

Deu voz ao jingle do reality show “Peso Pesado” que era transmitido na SIC no ano de 2011, e também ao hino da SIC quando completou 20 anos em 2012.

Em outubro de 2011 ruma a Londres para frequentar o curso de “vocal performance” em Londres na LMS que teve duração de 6 meses.

Teve várias participações em discos de artistas portuguesas como Laurent Filipe, Zé Manel, Jonny Abbey, Estraca, Tiago Barbosa, Light Gun Fire (backvocals) e também fez alguns trabalhos como backvocal com artistas como NBC, no festival Super Bock Super Rock em 2017.

Em 2015, lançou um disco com o pseudónimo de Jahde, no qual todas as letras são de sua autoria e a composição de alguns temas.

No ano de 2020, em abril, lança um tema já com o seu novo pseudónimo (SAND) cujo título é “Stay Safe Stay Home” enquadrado no panorama vivido em Portugal por causa da doença Covid-1,9 como forma de apelo ao comportamento de cada um e também uma mensagem de esperança para os dias mais difíceis.

Neste momento está a preparar uma reentrada no mundo dos espetáculos e de estrada que irá ter lugar na época do verão e continua a participar a dar voz a jingles publicitários como é o caso da Sagres mais recentemente.

* Créditos da foto: Arlindo Camacho

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.