AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

CineClub da Bairrada dedica ciclo de cinema ao 25 de abril

Artes

“Bairrada: Memória e Futuro Liberdade e Democracia”. É este o mote para o Ciclo de Cinema “25 de Abril” que o CineClub Bairrada apresenta no âmbito do 49º aniversário do 25 de abril e também das comemorações, já em curso, do 50º aniversário da revolução.

Serão apresentados cinco filmes, selecionados pelas secções de Águeda, Cantanhede, Mealhada (Pampilhosa) e Anadia.

Começando por “Salgueiro Maia – O Implicado”, de Sérgio Graciano com exibição em circuito por Águeda, Cantanhede, Pampilhosa (Mealhada), traz-nos uma abordagem moderna, intimista e emocional de Salgueiro Maia, figura considerada por muitos como o herói de Abril.

Em Anadia, serão exibidos os restantes filmes, nomeadamente “Guerra” de José Oliveira e Marta Ramos, que traduz os tormentos de muitos ex-combatentes da guerra colonial num drama de rememoração de lembranças. “Cartas de guerra” de Ivo M. Ferreira, mantém a mesma temática, partindo de uma abordagem sobre as angústias, desejos e esperanças de um militar português, que se apaixona por África e é um dos exemplos de uma geração desespera pelo seu regresso a casa. Este filme tem como base a obra D'este viver aqui neste papel descripto: Cartas da guerra do autor António Lobo Antunes.

Numa sessão especial ao ar livre, na Escola Básica e Secundária de Anadia, e no âmbito do projeto do Plano Nacional do Cinema/Plano Nacional das Artes em curso nesta escola, será exibido o histórico documentário “As Armas e o Povo”, que através do recurso de imagens gravadas durante a revolução de abril, acaba por proporcionar uma viagem no tempo, informal e descomprometida.

“Elas também lá estiveram”, de Joana Craveiro é um documentário poético sobre a visibilidade e a invisibilidade das mulheres nos processos históricos, tanto durante a ditadura de 1926-1974 como no processo revolucionário de 1974-1975. Um olhar diferente e excelente referência para o que ainda falta hoje cumprir na nossa sociedade em termos da igualdade de géneros.

O ciclo arranca já este sábado, em Macinhata do Vouga. Pode conferir as datas e horários de todas as exibições na página de Facebook do evento.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.