AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Ovar, “cidade-museu vivo”, volta a dedicar o mês de maio ao azulejo

Região

A Câmara Municipal de Ovar promove, de 1 a 31 de maio, a VI edição do Maio do Azulejo, evento de promoção da “Cidade-Museu Vivo do Azulejo”, de valorização dos patrimónios e de formação e sensibilização de públicos. “As nossas ruas são o verdadeiro museu do azulejo, com fachadas interessantíssimas”, faz questão de sublinhar Salvador Malheiro, presidente da Câmara de Ovar, enquadrando o evento que “aposta num programa diversificado e eclético”.

Um dos grandes destaques da programação deste ano acontece já no dia 6 de maio, Dia Nacional do Azulejo, no qual será inaugurada uma instalação artística de fachadas azulejares com padrões feitos pelos cerca de 1.100 alunos do 2º ciclo das escolas do concelho de ovar.

Esta iniciativa foi desenvolvida em colaboração com os agrupamentos de escolas do concelho de Ovar e o resultado final, composto por 48 estruturas, vai dar lugar à “Rua das Cores”, que será inaugurada, no dia 6 (sábado), pelas 15 horas, na Praça da República. Através deste projeto, aliou-se a pedagogia com a sensibilidade para o património azulejar, numa perspetiva criativa, educativa e sustentável.

Para celebrar esta efeméride, este dia contará, ainda, com um conjunto diversificado de visitas guiadas, oficinas criativas, contadores de histórias, performances de dança/teatro, em formato site specific, e, para finalizar, um concerto com Teresinha Landeiro no Largo do Tribunal de Ovar, um dos espaços mais emblemáticos do centro histórico da cidade de Ovar e referência da azulejaria modernista portuguesa.

Destaque ainda para a mostra de artesanato-conceito “Azzelij”, em parceria com as associações de artesanato do município, que acontecerá durante todo o dia no largo do Chafariz do Neptuno, onde artesãos e criadores darão a conhecer novas propostas de produtos ou serviços inspirados no tema Azulejo.

Cartaz aposta em vários espetáculos

Até ao final do mês não faltarão iniciativas tendo o azulejo como elemento central, desde a exposição “Os painéis de azulejos da Estação de Caminho-de-Ferro de Ovar”, na Escola de Artes e Ofícios (dia 8); o espetáculo Grande Orquestra Mãos de Barro, no Centro de Arte de Ovar (dia 13); a celebração do Dia Internacional do Museus – 18 de maio, com a apresentação do projeto Ovar | Museu do Azulejo, tendo em vista a adesão à Rede Portuguesa de Museus, e a inauguração do painel “Raízes” (protocolo com a Cercivar); Fados na Estação (26 de maio); e o concerto de Tiago Bettencourt com duas Bandas Filarmónicas de Ovar, na Praça da República (27 de maio). O programa detalhado pode ser consultado online.

Desta forma, o reconhecido e valioso património vareiro, o azulejo, uma imagem de marca do concelho, volta a ser protagonista de um programa diversificado, exploratório, inclusivo e estruturado para diversos públicos, onde se desatacam as experiências e oficinas criativas, exposições, os espetáculos em espaço e ambiente cénico e visitas guiadas.

Sem esquecer que, em Ovar, a valorização do azulejo não se esgota na promoção deste evento. Há já alguns anos que a autarquia tem em funcionamento, “e com grande sucesso, um atelier de conservação e restauro de azulejo”, repara Salvador Malheiro, em declarações à Aveiro Mag.

Destaque, também, para a promoção de várias visitas guiadas ao património azulejar da cidade, que vão atraindo cada vez mais visitantes. "Estamos claramente a falar de milhares de pessoas que nos procuram apenas e só para esta questão do azulejo. Temos outros motivos de interesse, a praia, o carnaval, o pão-de-ló, mas o azulejo tem vindo a afirmar-se ao longo dos últimos anos", acrescenta o autarca.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.