AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Foz de Prata quer ser "uma proposta urbanística transformadora"

Negócios

A promotora imobiliária AM 48 apresentou, ao final da tarde desta quinta-feira, aquele que é o seu primeiro empreendimento na região de Aveiro, o Foz de Prata. Localizado junto ao Canal de São Roque, este investimento de 150 milhões de euros promete trazer uma nova vida à cidade de Aveiro, em cada um dos 11 lotes do empreendimento, distribuídos por uma área de 80.000 metros quadrados. Será "uma proposta urbanística transformadora", destacou Alejandro Martins, CEO da AM 48.

O empreendimento, ainda de acordo com Alejandro Martins, terá as obras de urbanização totalmente concluídas até novembro de 2024, e a edificação de toda a construção dentro de cinco a sete anos. "Destacar-se-á pela elevada qualidade de construção dos edifícios, dos espaços exteriores, pela aposta na sustentabilidade e pela promoção de um estilo de vida saudável, em linha com os valores da contemporaneidade e em estreita ligação com a Ria”, vincou.

O Foz de Prata é apresentado como um projeto pioneiro em Portugal no que diz respeito à sustentabilidade, sendo um dos primeiros com a certificação LEED-ND (Leadership in Energy and Environmental Design– Neighborhood Development). O sistema de classificação leva em consideração o impacto ambiental das estruturas durante todo o seu ciclo de vida, desde o projeto e construção até à operação e manutenção, e foi projetado para inspirar e ajudar a criar bairros melhores, mais sustentáveis e bem conectados.

Na sessão de apresentação do projeto, Ribau Esteves, presidente da autarquia não escondeu o passado daquela zona, onde há mais de 20 anos existiam construções inacabadas e abandonadas (que se encontram atualmente demolidas, com o terreno limpo e desmatado). "Aqui está esse renascimento", vincou o edil, antes de referir que a autarquia está já a fazer a revisão do projeto de prolongamento do Canal de São Roque. "Daremos à ponta do Canal de São Roque uma lógica idêntica à que temos na Fonte Nova", realçou.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.