AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Biblioteca de Albergaria recebe exposição de Gina Marrinhas

Artes

A mostra "Histórias de encantar" é inaugurada a 2 de fevereiro, pelas 18h00. 

 

 

Os contos para a infância de conceituados autores como Hans Christian Anderson ou os irmãos Grimm serviram de inspiração para Gina Marrinhas conceber a exposição de pintura “Histórias de Encantar”. A mostra é inaugurada a 2 de fevereiro, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal de Albergaria-a-Velha.

“O livro pode ser uma fonte de conhecimento, de diversão, de ligação ao mundo. Com ele podemos viajar, sem sairmos do lugar. Com ele podemos conhecer melhor as pessoas, os sentimentos, e a nós mesmos. Por isso é tão importante incentivar a leitura, desde a infância”, explica Gina Marrinhas. Com esta exposição, a artista também quer contribuir para o despertar do interesse pela leitura, pela pintura, pelas artes em geral, tendo regressado às histórias de encantar da sua infância em busca de inspiração.

“Se conseguirmos estimular o gosto pela leitura na criança, estaremos a contribuir para ampliarmos o seu conhecimento do mundo, da sociedade que a rodeia, aprendendo novos valores, costumes e culturas”, afirma. As histórias de encantar que apresenta nesta exposição destinam-se a todas as crianças, incluindo aquelas que ainda vivem em cada um de nós.

 

Campus Jazz Publicidade

Gina Marrinhas nasceu em 1950, em Macinhata do Vouga, no concelho de Águeda. Estudou em Aveiro e em Lisboa. A sua necessidade de aperfeiçoamento no campo da pintura levou-a até a Fundação Calouste Gulbenkian e até à Cooperativa Artística Árvore, onde frequentou, durante cinco anos, aulas de pintura com o professor Alberto Péssimo, além de ter obtido formação, também, no atelier do mestre. É sócia do AveiroArte e expõe individualmente desde 1999.

A artista está representada em diversas coleções de entidades coletivas, entre elas, a Fundação Dionísio Pinheiro - Águeda; o Museu Etnográfico Praia de Mira; a Santa Casa da Misericórdia de Aveiro; o Museu de Vouzela; o Museu de Ovar; ou o Orfeão de Águeda. Em coleções particulares, as suas obras podem ser encontradas em Espanha, França, Brasil, Paquistão, Islândia e Estados Unidos da América.

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.