AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Albergaria-a-Velha celebra o Dia Nacional do Azulejo

Região

 

 

O município de Albergaria-a-Velha celebra o Dia Nacional do Azulejo com duas atividades este sábado, dia 11 de maio.

Pelas 10h00, na Biblioteca Municipal, tem lugar um workshop de pintura de azulejo. Nesta oficina, onde não é necessária qualquer experiência na área, a artista Isaura Lalanda vai sensibilizar o grupo de participantes para a importância desta forma de arte genuinamente portuguesa e estimular a criatividade artística, tendo como suporte o tradicional azulejo.

Pelas 17h00, também na Biblioteca Municipal, a investigadora na área do património, Cláudia Emanuel, vai fazer uma apresentação sobre a temática “Inventário do património azulejar de Albergaria-a-Velha”, seguindo-se depois uma visita guiada pelo centro urbano, onde as pessoas participantes poderão conhecer os imóveis com decoração azulejar relevante.

Ambas as atividades são de participação gratuita, mediante inscrição prévia na página de Internet do município.

O concelho de Albergaria-a-Velha é um espaço privilegiado de análise da arte do azulejo, tendo em conta o número elevado de imóveis com decoração azulejar que dá cor e brilho às suas ruas. Em meados do séc. XIX, os emigrantes vindos do Brasil trouxeram a moda e o uso do azulejo português, agora colocado nas fachadas dos imóveis. De pequeno quadrado de barro, protetor das humidades, os azulejos passaram rapidamente a elementos decorativos, cobrindo não só casas, mas também fontanários, alminhas e outras construções.

A divulgação do património azulejar é um importante contributo para a sua salvaguarda, na medida em que o conhecimento propicia a conservação e a valorização dos objetos, ou saberes, que se herdam.

 

 

Feira do Livro Publicidade

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.