AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Escultura de Rui Chafes já está na “Ponte-Praça”. Nome só será divulgado na inauguração

Sociedade

 

Depois de ter sido anunciada em novembro, a escultura da autoria do escultor Rui Chafes já se encontra na “Ponte-Praça”, em Aveiro. A inauguração está prevista para dia 10 de junho, Dia de Portugal, e só nessa altura será dado a conhecer o nome da obra que marca este ano em que Aveiro é Capital Portuguesa da Cultura. Mesmo sem nome, a verdade é que a obra já mereceu algumas críticas, especialmente por apresentar algumas diferenças em relação à imagem que tinha sido divulgada no final do ano passado. “Era uma simulação e como simulação tinha a volumetria, mas não os pormenores. Aquilo que estava lá era um mero exercício de simulação”, explicou o presidente da Câmara, Ribau Esteves.

“Se compararem as fotografias [atuais] com a imagem que está nos vossos arquivos, veem que ela [escultura] está com todo o rigor naquilo que é a matéria que era preciso decidir na altura, as volumetrias e a relação daquele elemento, com o elemento das novas ‘Pontes’”, defendeu o edil.

A escultura em ferro pesa, segundo Rui Chafes, cerca de duas toneladas. Na visão do artista, a obra funciona como uma espécie de “membrana” na passagem entre “o mundo interior e o interior, a água em baixo e o ar em cima”. Confrontado com alguns reparos que têm sido lançados à obra, nomeadamente no que toca ao facto de a obra não ser totalmente visível a quem circula de carro pela rotunda, Rui Chaves comentou que “as coisas mais interessantes não são as que estão à vista”. “Daqui só se pressente. Para a ver temos de nos aproximar ou passar por baixo”, notou.

Já Nuno Mateus, arquiteto que assinou o projeto de requalificação do Rossio – intervenção que incluiu também a zona da “Ponte-Praça”, mostrava-se satisfeito por “perceber hoje que não conseguimos separar a peça do espaço que a recebe”.

A obra será inaugurada na segunda-feira, pelas 16h30. 

Feira do Livro Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.