AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Kiwicoop debate crescimento sustentável do setor do abacate

Sociedade

 

 A Kiwicoop, em parceria com a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, irá dinamizar a realização do seminário “Abacate – Sustentabilidade de um Setor em Expansão”, a ter lugar no próximo dia 12 de julho, na ExpoBairrada, pelas 18h30. Este evento pretende reunir produtores, técnicos, e todos os interessados no crescimento sustentável do setor do abacate na região Centro de Portugal.

Esta iniciativa será uma oportunidade única para debater e conhecer melhor o setor do abacate, que se apresenta como uma cultura em expansão e de grande rentabilidade.

Dividido em três partes, o evento inicia com uma abordagem técnica sobre as tecnologias de produção, seguida por uma perspetiva comercial e, finalmente, uma discussão detalhada sobre o plano estratégico da Kiwicoop para a promoção da produção de abacate na região Centro.

A Kiwicoop visa acelerar o crescimento do território do abacate, alargando a produção a mais de uma dezena de concelhos do centro do país. O objetivo é que produtores de kiwi integrem também a produção de abacate, além de atrair novos produtores. A produção será distribuída territorialmente, evitando grandes áreas de monocultura, o que contribui para um impacto ambiental reduzido. Nélio Marques, presidente da Kiwicoop, esclarece que esta iniciativa visa a “criação de mosaicos de produção para pequenos e microprodutores, não apostando, por isso, em gigantes áreas de monocultura, que como sabemos têm efeitos ambientais devastadores”.

Festa Publicidade

A produção de abacates é uma excelente aposta para terrenos fundiários e microfundiários, adaptando-se bem à agricultura familiar. Esta cultura, devido à sua grande rentabilidade, apresenta-se como uma oportunidade vantajosa para pequenos produtores, agricultores em regime part-time e pequenas explorações familiares.

O litoral da região centro de Portugal, caracterizada por uma abundância de água das precipitações e temperaturas mais amenas, oferece condições ideais para o cultivo do abacate, que nos moldes da pequena agricultura não representa qualquer risco ambiental.

De acordo com informações da DGADR (Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural), esta cultura, quando explorada no centro do país, exige aproximadamente 2/3 dos recursos hídricos necessários no sul do território nacional.

Além disso, ao não ser produzida em regime de monocultura, a produção de abacate terá um impacto ambiental reduzido, promovendo assim uma agricultura mais sustentável.

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.